• ZU Pet Shop

Como introduzir um novo gato na habitação

Introduzir um novo gato em casa deve ser uma decisão bastante ponderada, tendo em conta o bem-estar do gato (ou gatos) já residentes.


Deve ser um processo faseado e feito com calma, sem apressar ou insistir determinadas interações.



Podemos dividir este processo em 3 fases:


- 1ª fase: ao levar o novo gato para dentro de casa, este deve ficar isolado numa divisão ou parte da casa, de modo a que não exista contacto visual com os restantes gatos; eles apenas vão conseguir ouvir-se ou sentir o cheiro um do outro. Essa divisão deve conter tudo o que o novo gato necessita: caixa de areia, comedouro, bebedouro, arranhador, zonas de descanso e brinquedos. Pode-se passar panos de algodão na cabeça de um dos gatos e, de seguida, passar na cabeça do outro, para que exista troca de feromonas e de cheiros.


- 2ª fase: se, durante alguns dias, os gatos permanecerem calmos com a presença um do outro, pode-se começar a realizar aproximações controladas. Nesta fase, os gatos apenas podem ver-se mas não se podem tocar. Isto pode ser feito através de divisões separadas por vidros ou então recorrendo a transportadoras. Caso algum dos dois manifeste agressividade, a interação deverá ser interrompida e voltar a tentar mais tarde. Este procedimento pode ser feito várias vezes ao dia.


- 3ª fase: quando os gatos não tiverem reações de agressividade ao fim de alguns dias a implementar a fase 2, pode-se avançar para o contacto físico. Deve-se deixar o novo gato andar livremente pela casa, mas controlando-o sempre, bem como ao gato residente. Se manifestarem agressividade, devem ser imediatamente separados. Não se deve forçar o contacto entre ambos e, caso estejam a atacar-se mutuamente, deve-se atirar mantas ou toalhas para cima de um dos gatos e afastá-lo, caso contrário, o comportamento agressivo poderá ser direcionado para o tutor.

Cuidamos do seu

melhor amigo.

FALE CONNOSCO