• ZU Pet Shop

3 Truques para habituar os animais ao desconfinamento

No último ano, a nossa realidade mudou muito, devido ao aparecimento de uma situação nunca vivida – uma pandemia. De facto, esta alteração teve um forte impacto no comportamento dos nossos animais, uma vez que a rotina habitual, logicamente foi afetada. Durante o período de confinamento habituamos os nossos animais a uma presença muito mais assídua, sendo que agora com a retoma da normalidade aos poucos, esse cenário altera-se. Sabia que esta mudança por gerar alguns problemas para os nossos animais? Efetivamente, os nossos melhores amigos não percebem a transformação radical na rotina e por vezes podem desenvolver distúrbios de ansiedade derivada da separação.

O que podemos fazer para que a rotina dos nossos animais de estimação retome aos hábitos anteriores à pandemia, sem que sofra tanto com todas as alterações?



1. Agir “como se nada fosse”

Os donos devem agir como se a sua ausência fosse algo natural e de curta duração. Desta forma, deve-se evitar as despedidas longas, tornando este momento num “até já”. De facto, sempre que sair para ir ao supermercado ou para fazer algum recado, antes de um retorno total ao trabalho, comece a agir desta forma, sendo que assim consegue fazer com que os animais se comecem a ambientar à nova “normalidade”.


2. Fazer com que o processo seja gradual

Com um processo gradual, a adaptação dos animais é mais fácil de assimilar. Pode começar a deixar os seus animais mais tempo sozinhos, por exemplo sempre que estiver a fazer tarefas na varanda e/ou no jardim, pode deixar os seus animais dentro de casa. Outro exemplo, será trabalhar numa divisão diferentes de onde se encontra os seus animais, por exemplo, se trabalha no escritório deixe-os na sala.

Realmente, este comportamento, ajudará a que a mudança não seja tão brusca e que consequente não crie ansiedade nos animais.


3. Tornar os momentos juntos especiais

Tentar manter a rotina o mais próximo da normalidade é o principal mote deste processo desconfinamento. Para isso, procure manter o número de passeios diários, a o mesmo horário de alimentação, entre outros. De facto, os animais de estimação vão passar a maior parte do dia sozinhos, portanto quando estiver com eles aproveite para tornar esses momentos mais divertidos, interativos e especiais para que não sintam a falta neste regresso à normalidade.

Cuidamos do seu

melhor amigo.

FALE CONNOSCO